Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Ir em baixo

Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Mensagem  Admin em Ter Jul 01, 2014 3:24 pm

As Disciplinas são poderes alimentados pelo Vitae, o sangue. Elas permitem que os Vampiros tornem-se caçadores mais eficientes, e embora pareçam bênçãos que os separam dos humanos, sugere-se que seu surgimento tenha se dado à vontade de Deus de prolongar o sofrimento dos Vampiros, mantendo-os mais longe da morte, dando a eles poderes úteis a continuar noite após noite. Elas dividem-se em:


Última edição por Admin em Ter Jul 01, 2014 10:24 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 124
Data de inscrição : 30/06/2014

Ver perfil do usuário http://bloodprelude.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Mensagem  Admin em Ter Jul 01, 2014 3:24 pm

1 – Potência de Sangue: A Potência de Sangue trata-se do vigor físico dos Vampiros. Agilidade, força, resistência. Ela cresce naturalmente à medida que o tempo passa, tornando o corpo do vampiro mais poderoso, à medida que o sangue se concentra e deixa uma marca mais forte em seus tecidos morto-vivos. Em seus estágios iniciais, a Potência de Sangue mostra-se impressionante o bastante para garantir que Vampiros relativamente fracos possam superar em força o mais forte dos homens, em agilidade o mais rápido dos homens, e em resistência o mais duro dos homens. Em estágios mais avançados, a Potência de Sangue garante aptidão física além dos limites imagináveis para corpos humanos, permitindo movimentos rápidos o bastante para que o Vampiro seja visto apenas como um borrão. Força bruta suficiente para que carros sejam erguidos sem dificuldade, e resistência o bastante para que balas não penetrem além da pele. Obviamente, tal nível de Potência de Sangue reserva-se a Vampiros antigos, portadores de séculos de existência amaldiçoada. Existem boatos de Vampiros milenares mostrando feitos que  desafiam a imaginação até mesmo dos Vampiros, mas há muito ninguém coloca os olhos sobre tais façanhas, e elas reduzem-se a lendas com o tempo.
Nível 1: Força suficiente pra garantir ao Vampiro o título de “Homem mais Forte do mundo”, caso se interessasse em tal competição. Agilidade o bastante para correr a 15 metros por segundo (Bem mais rápido que Usain Bolt). Resistência o bastante pra transformar golpes de pessoas normais em algo banal.
Nível 2: Força claramente sobre-humana, permitindo feitos espetaculares. Arremessar uma moto não se mostra um desafio à altura. Nesse estágio, um mero soco de um Vampiro é mais que suficiente para matar um ser humano. Agilidade suficiente para correr 25 metros por segundo. Mirar em um Vampiro com esse nível de Potência de sangue já começa a se transformar em uma tarefa difícil. Resistência o bastante para resistir a golpes fortes, envolvendo armas brancas. Poder de penetração de projéteis começa a ser reduzido.
Nível 3: Força suficiente para erguer um carro pequeno, socar através de uma parede grossa, e ainda sim matar um búfalo que estava do outro lado. Capacidade se correr 40 metros por segundo, e se esquivar da maior parte das ofensas físicas direcionadas a ele (assim como é extremamente difícil alguém se esquivar dos golpes do Vampiro. Para alguém sem agilidade equivalente, é virtualmente impossível). Resistência o bastante pra transformar uma marretada em força humana em não mais do que algo engraçado. Armas de fogo de pequeno calibre têm sua efetividade quase zerada.
Nível 4: Forte o bastante para erguer um carro grande, e arremessá-lo a uma distância razoável, ou carros menores a uma distância maior. Agilidade o bastante para que os movimentos do Vampiro cheguem a confundir a visão de observadores, tornando trivial qualquer distância menor do que 100 metros. Mirar em um Vampiro com esse nível de Potência de Sangue só é possível aos melhores, e ainda sim, nada é garantido. A resistência torna-se grande o bastante para que golpes impulsionados por força humana sejam inúteis, mesmo que seja usado um machado (que cortaria no máximo até o músculo). Armas de baixo calibre tornam-se inúteis, e médio calibre não é o bastante para causar danos relevantes.


Última edição por Admin em Sab Jul 05, 2014 3:26 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 124
Data de inscrição : 30/06/2014

Ver perfil do usuário http://bloodprelude.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Mensagem  Admin em Ter Jul 01, 2014 3:39 pm

2 – Ofuscação: A Ofuscação traduz-se na arte de enganar a mente dos observadores, permitindo ocultação sobrenatural, transformando os Vampiros que a possuem nos mestres da caçada furtiva e silenciosa. Nos estágios iniciais, a Ofuscação baseia-se na ocultação da imagem, e em níveis mais avançados, permite até mesmo a modificação da própria aparência, diante dos observadores. É uma disciplina que trata de ilusões. O usuário não se torna invisível, ele apenas influencia as mentes dos observadores a não percebê-lo ali.
A Ofuscação é mais efetiva em ambientes escuros, e pode ser desfeita com movimentos bruscos ou qualquer barulho chamativo feito pelo Vampiro.
Nível 1 – Manto das Sombras: O Manto das Sombras permite que o Vampiro torne-se virtualmente invisível ao colocar-se parado em algum lugar, tornando-o capaz de grandes emboscadas.
Nível 2 – Presença Invisível: Nesse nível de domínio, o Vampiro é capaz de mover-se com o poder da Ofuscação, tornando-se virtualmente invisível enquanto caminha.
Nível 3 – Desaparecimento aos Olhos da Mente: Nesse nível, o Vampiro pode desaparecer diante dos olhos dos expectadores. Dependendo do observador, o efeito pode ser tão traumático, que a presença do Vampiro pode ser até mesmo esquecida.
Nível 4 – Máscara de Mil Faces: A Máscara de Mil Faces permite que o Vampiro iluda os expectadores, fazendo-os enxergarem em si o que bem entender. Alterando assim sua aparência de maneira drásticas.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 124
Data de inscrição : 30/06/2014

Ver perfil do usuário http://bloodprelude.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Mensagem  Admin em Ter Jul 01, 2014 4:19 pm

3 – Presença: A Presença é a Disciplina das emoções, dos encantos. Ela torna a presença do Vampiro algo irresistível, ou temível. É a capacidade de deixar as pessoas perplexas, criar multidões de seguidores. Apesar do Vampiro poder se tornar irresistível, a Presença não obriga ninguém a obedecê-lo cegamente. No entanto, Vampiros habilidosos em seu uso normalmente conseguem grandes favores, ao se tornarem realmente amados por aqueles que se colocam em sua presença.
Os poderes da Presença, com exceção do Nível 4, influenciam pessoas a um raio de 25 metros do Vampiro, que é o limite que pode alcançar a expansão de sua personalidade, que é o fundamento por trás do uso da Presença.
Nível 1 – Fascínio: O Fascínio torna todas as pessoas dentro do raio de ação da Presença realmente fascinadas pelo Vampiro. Uma admiração verdadeira. Ele se torna o ser mais interessante no recinto, suas piadas sempre arrancam todas as risadas, seus discursos causam grandes comoções. Pessoas fascinadas tendem a prestar favores com grande facilidade.
Nível 2 – Temor: Nesse nível, a porção negra e aterradora da personalidade do Vampiro é quem se expande e afeta todos aqueles ao redor, causando um medo generalizado e irracional, onde o alvo dificilmente pensará em outra coisa, que não se afastar imediatamente do Vampiro. Indivíduos de vontade forte podem resistir aos efeitos, mas é pouco provável que passe ileso.
Nível 3 – Transe: O Transe resulta em um verdadeiro amor. Uma admiração além das palavras, similar ao efeito causado pela ingestão do sangue do Vampiro. Nesse estado, a pessoa afetada (e apenas uma por vez) sente-se completamente dependente do Vampiro, raramente negando seus pedidos, mesmo que sejam perigosos. Esses servos, no entanto, fazem as coisas do seu jeito, ao invés do jeito desejado e planejado pelo Vampiro, o que pode tornar os resultados diferentes do esperado.
Nível 4 – Convocação: O último nível da Presença permite que o Vampiro convoque, com o poder de sua vontade, alguém com quem ele já tenha falado. A pessoa alvo da Convocação sente uma necessidade estranha de simplesmente sair de onde está e ir para onde o Vampiro está. Convocar alguém não é fácil, e requer que o alvo não esteja há mais que 10 quilômetros do Vampiro. Vampiros, Bruxos e outros seres sobrenaturais possuem maior resistência a esse poder.


Última edição por Admin em Dom Jul 06, 2014 12:56 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 124
Data de inscrição : 30/06/2014

Ver perfil do usuário http://bloodprelude.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Mensagem  Admin em Ter Jul 01, 2014 4:37 pm

4 – Dominação: A Dominação corresponde à capacidade do Vampiro de dominar, direta e literalmente, a mente do alvo. Pode ser usada apenas individualmente, e a uma distância máxima de quatro metros, havendo a necessidade de contato visual. Apesar das limitações, a Dominação é capaz de imprimir ordens precisas e poderosas na mente do alvo, eliminando erros de interpretação, que podem acontecer durante o uso da Presença.
Nível 1 – O Comando: No estágio inicial, a Dominação permite ordens simples e diretas, que devem ser executadas imediatamente, em um prazo máximo de uma hora. As ordens não podem colocar o alvo em perigo (pelo menos, conscientemente), portanto, não é possível mandar alguém cometer suicídio, ou pular de uma montanha. Mas ele não precisa saber o que há naquele beco onde você o mandou entrar, não é mesmo?
Nível 2 – Condicionamento: Nesse nível, as ordens podem se tornar mais complexas, e podem ser programadas para execução tardia. As ordens já podem se tornar mais conscientemente perigosas para o alvo, embora o suicídio ainda não possa ser ordenado.
Nível 3 – Hipnotizar: A hipnose permite ao Vampiro retirar do alvo memórias específicas, ou modificá-las, fazendo-o acreditar em algo criado pelo usuário. É um poder útil para a manutenção da Máscara, evitando que um Mortal se lembre de ter visto um incidente sobrenatural. E possui também a possibilidade de ser usada para fins mais macabros, como por exemplo, estimular vinganças ao implantar memórias falsas na mente de alguém.
Nível 4 – Possessão: A Possessão é a arte de dominar completamente a mente de um Mortal. Vampiros, Bruxos e outros seres sobrenaturais não são afetados por esse poder. No momento em que o Vampiro suprime a mente do Mortal e o possui, seu próprio corpo fica inconsciente, e completamente alheio a tudo que acontece a seu redor. Mas o poder tem suas vantagens, como uma forma de sentir novamente o que é ser vivo, disfarce, e até mesmo sentir o sol com o corpo de outra pessoa, caso o Vampiro consiga se manter desperto durante o dia.


Última edição por Admin em Dom Jul 06, 2014 12:57 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 124
Data de inscrição : 30/06/2014

Ver perfil do usuário http://bloodprelude.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Mensagem  Admin em Ter Jul 01, 2014 4:53 pm

5 – Auspícios: Auspícios dá ao Vampiro a capacidade de expandir seus sentidos a um nível além do imaginável. Todos os Vampiros possuem sentidos ligeiramente mais aguçados, porém, apenas aqueles que possuem domínio de Auspícios têm o verdadeiro poder de transcender ao modo humano de observar o mundo. Não apenas a expansão dos sentidos, Auspícios é a expansão da mente, e toda a sua magnitude.
Vampiros com Auspícios podem detectar aqueles que possuem Ofuscação, vendo por trás da ilusão criada pelo mesmo, havendo uma disputa entre os níveis: Alguém com Auspícios 3 consegue ver alguém com Ofuscação 2, mas não consegue ver alguém com ofuscação 4.
Nível 1 – Sentidos Aguçados: No estágio inicial, o Vampiro é capaz de aguçar seus sentidos a um nível que pode ser superior aos maiores exemplos naturais. Olhos mais aguçados que os de qualquer ave de rapina, capazes de captar os menores detalhes. Ouvidos melhores que os dos maiores caçadores noturnos, olfato superior ao melhor dos cães de caça. Até mesmo um sexto sentido pode ser despertado, alertando o Vampiro quanto a perigos próximos, como por exemplo, estar sendo visado em uma mira.
Nível 2 – Percepção da Aura: O Vampiro é capaz de ver a aura em volta de cada ser vivo e não vivo, que diz muito sobre seu estado emocional, podendo revelar até mesmo a raça de quem observa. Estados emocionais específicos possuem cores específicas (ódio é roxo, amor é rosa, luxúria é vermelho, etc), assim como raças possuem suas cores próprias (Vampiros possuem aura pálida e fia, Bruxos possuem aura faiscante, Lobisomens possuem aura fervente e opressiva).
Nível 3 – Leitura do tempo: Nesse nível, o Vampiro pode tocar um objeto, uma parede, ou até mesmo o próprio ambiente ao redor, e sentir o que aconteceu ali, ou envolvendo o objeto. Os lampejos podem dar imagens de um assassinato que aconteceu na noite passada, e em casos mais específicos, até o que aconteceu há anos pode ser visto.
Nível 4 – Telepatia: Nesse nível, o Vampiro é capaz de se comunicar mentalmente com qualquer pessoa. Sendo capaz de enviar voz ou imagens para a consciência de alguém. Pode, também, roubar as memórias dessa pessoa, suas intenções. Permitindo, por exemplo, que o telepata descubra planos de seu alvo.
O poder pode ser usado à distância máxima de 20 quilômetros, para se comunicar “vocalmente” com pessoas conhecidas. Estranhos não podem ser acessados dessa forma.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 124
Data de inscrição : 30/06/2014

Ver perfil do usuário http://bloodprelude.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Disciplinas - os poderes dos Vampiros

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum